01

Equipes apresentam prioridades para o Plano de Retomada União que Transforma

Os integrantes do Grupo de Inovação apresentaram três eixos que terão destaque para a retomada econômica da região

Por Redação TV Mill em 29/09/2021 às 10:06:42

Estão definidas as ações prioritárias do Plano de Retomada União que Transforma. Lideranças estiveram no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, na tarde desta segunda-feira, 27, onde foram apresentados os planos de ação nas frentes "Empresarial"; "Inovação" e "Turismo".

Os planos de ação são resultado da integração de esforços entre Prefeitura, ACEUV, CDL, SEBRAE-PR, SESC, SENAC, Território do Iguaçu, Conselho da Mulher Executiva, Câmara Municipal, Atema – Associação de Turismo e Meio Ambiente e Sul do Paraná em uma planificação que estabelecerá o foco das ações transformadoras para o território.

O prefeito de União da Vitória, Bachir Abbas, elogiou os resultados e entende que foram estruturadas, com as entidades e parceiros, propostas transformadoras que, a medida em que forem aplicadas, na prática, poderão colaborar muito no progresso do município e da região. "Estamos certos que esta integração é positiva para todos e vamos valorizar o que foi planificado dando todo o apoio necessário."

Todos os planos foram elaborados buscando possibilidades e formas de ampliar o desenvolvimento e a retomada da economia do município, baseados em estudos feitos por líderes que fazem parte do Grupo de Inovação do Plano de Retomada.

"Foi um momento importante em que conseguimos concretizar tudo o que foi debatido durante meses de trabalho. Os compromissos foram firmados e estou feliz por entender que houve uma ampla conexão entre as ações dos grupos numa plena interdependência pois há, de fato, um mesmo objetivo: o desenvolvimento. A Prefeitura merece reconhecimento por valorizar este movimento e o próprio prefeito reconheceu a importância de se debater e repensar caminhos", afirmou Everton Moreira, consultor do Sebrae.

Para Maria Auria Muhlmann, gestora do Sebrae os grupos demonstraram uma visão sistêmica diferenciada e o entendimento dos caminhos a serem percorridos para o alcance do futuro dos sonhos. "É muito bonito ver o resultado destes encontros e de uma ampla troca de informações em favor do bem comum. Nossos parabéns ao prefeito e aos parceiros deste grande desafio."

Eixo Inovação

Em inovação as propostas base são: Diversificar as áreas de exploração econômica com base nos ativos tecnológicos e educacionais novos e fortalecer os existentes; promover a cultura da inovação e da pesquisa na comunidade em parceria com as instituições de ensino, assim como, dar sustentação a empreendedores e investidores e fomentar o surgimento, a fixação e o desenvolvimento de empresas de base tecnológica e Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação no município para a retenção de talentos, criação de novos empregos e geração de renda.

Segundo Wilson Petisco, que trabalha na articulação, via Município, no Eixo Inovação deverá ser incentivada a implementação da Lei de Inovação, incluindo o Conselho de Inovação e a Incubadora Municipal (Lei aprovada em 2020); será proposto as instituições de ensino a implantação do processo de pré-incubação, tornando possível levar projetos para a incubadora municipal; haverá articulação pela criação do Fundo de Inovação com o objetivo de fomentar e subsidiar os novos empreendedores na área de tecnologia, conforme Lei Municipal; a organização de rodadas de negócios entre o setor público, empresarial e instituições de ensino; a realização de um levantamento das vocações tecnológicas com o objetivo de identificar novos potenciais vocacionais tecnológicos para o município; a visita ao Ecossistema do Sudoeste estava planificada e foi realizada dias atrás; e a aplicação do Radar da Maturidade do Ecossistema que, poderá nortear o foco de ações a ajustes estratégicos necessários na trajetória evolutiva de tal eixo.

Eixo Empresarial

No Eixo Empresarial optou-se por auxiliar na definição de políticas públicas para a implantação de novos empreendimentos; pela qualificação da comunidade empresarial; pela integração das instituições públicas e privadas em favor do desenvolvimento sustentável, articulado e voltado ao bem comum e a sensibilização do Poder Público sobre a importância das compras públicas para o desenvolvimento da economia local. Na prática o Eixo Empresarial propõe a ativação do escritório virtual para compras públicas municipais; instalação de uma Sociedade Garantidora de Crédito na Casa do Empreendedor; buscar aporte financeiro da prefeitura para o Fundo da Sociedade Garantidora de Crédito; realizar, via Sebrae, o planejamento estratégico da ACEUV e buscar, em parceria com o Sebrae duas grandes palestras.

O Grupo do Eixo Empresarial também pretende: desenvolver um estudo sobre o percentual de compras públicas locais no município e buscar evolução no consumo local; Através do Sistema S criar trilhas de capacitação a empresas e produtores rurais incluindo cursos e visitas técnicas e estudar a viabilidade para a instalação de uma incubadora para novos projetos de inovação e tecnologia.

Eixo Turismo

Já no Eixo Turismo o grupo definiu o fortalecimento dos atrativos como a Rota Sul das Cachoeiras; o passeio de barco Caminhos do Iguassu e a potencialização de pontos para o City Tour; a valorização do Roteiro Ucraniano e o incentivo a eventos como o Enduro das Cachoeiras; o Campeonato de Parapente; a Festa dos Motoristas; o Natal das Etnias; Stammtisch; a Festa do Gaúcho, a Festa Nacional da Costela, entre outros. Também incentivar e potencializar o Circuito Interestadual de Cicloturismo do Vale do Iguaçu; o Caminho da Erva Mate; o uso do Trem das Etnias; aprimoramento estrutural e revitalização do Morro do Cristo, com área para café e alimentação aos visitantes e implantação de mirante. O Grupo também propõe projetos, na revitalização que ofereçam características peculiares e únicas nas escadarias, a exemplo do que acontece na escadaria Selarón, no Rio de Janeiro e um projeto de paisagístico diferenciado. Outro ponto levantado foi a estruturação de um centro de eventos com Mercado Municipal integrado em parceria com Porto União (SC) e incremento em ações para o turismo receptivo, em parcerias com Fecomércio, Senac, Paraná Turismo e IGRs. A ideia também é colocar União da Vitória na rota do mototurismo e como anfitriã de eventos náuticos de relevância, bem como incentivar eventos temáticos e setoriais.

Para o Grupo do Eixo Turismo é possível colocar União da Vitória entre os 10 destinos turísticos do Paraná, o que gerará um círculo virtuoso de desenvolvimento tanto para a cidade quanto para o interior. O Plano Municipal de Turismo será atualizado e haverá um incentivo especial a quem produz artesanatos que podem criar identidade especial para o território. Há o entendimento que profissionais e empresas da área devem ser incentivados a incrementar ações de desenvolvimento de rotas e atrativos turísticos.

A partir da Lei de Incentivo ao Turismo e pesquisas para o município se espelhar em territórios de alto desenvolvimento na área é possível, no entendimento do Grupo, chegar a outro patamar na área que receberá, também, um inventário de potencialidades e ações organizadas de difusão de seus atrativos para fora.

Comunicar erro
02
Banner_1_Pormade_728-90
Banner_1_QATACAREJO

Comentários

03