01

Quatro colégios da rede estadual retornaram às aulas presenciais em União da Vitória

As aulas presenciais foram retomadas nos colégios Inocêncio de Oliveira, Judith Simas Canellas, Pedro Stelmachuk e Túlio de Franca. Na região Porto Vitória e São Mateus do Sul também tiveram escolas que retornaram às aulas presenciais

Por Redação TV Mill em 12/05/2021 às 08:27:09
Núcleo Regional de Educaçao

Núcleo Regional de Educaçao

Nesta segunda-feira, 10, 200 colégios estaduais paranaenses, em 68 municípios, retornaram às aulas presenciais, adotando o modelo híbrido de ensino, com parte dos alunos em sala de aula e parte em ensino remoto, assistindo às aulas ao vivo. Na região Sul do Paraná retornaram as aulas os colégios Inocêncio de Oliveira, Judith Simas Canellas, Pedro Stelmachuk e Túlio de Franca em União da Vitória, Casemiro de Abreu em Porto Vitória e o Colégio São Mateus em São Mateus do Sul.

Os espaços estão equipados com computadores e internet, possibilitando que os professores interajam com ambos os grupos de estudantes ao mesmo tempo.

Durante o primeiro dia de aula o chefe do Núcleo de Educação,Carlos Alberto Polsin, esteve visitando os colégios e por nota o Núcleo informou que todos os protocolos de biossegurança estão sendo cumpridos, além do escalonamento dos estudantes e a continuidade das aulas via plataforma Google Meet para que nenhum aluno seja prejudicado.

"O Paraná se destaca pela tecnologia, por ser um estado inovador na Educação. São várias ferramentas disponibilizadas para os alunos, e todas elas continuarão a serviço desses estudantes", disse o secretário estadual da Educação, Renato Feder. "O fato de iniciarmos essa volta com aproximadamente 10% das escolas é para acompanhar o cumprimento dos protocolos indicados pela Secretaria de Estado da Saúde. Na medida em que observarmos a segurança desse grupo, ampliaremos o retorno gradativamente até chegar a 100% da rede", afirmou Feder.

VACINAÇÃO DE PROFESSORES – O retorno acontece paralelamente à vacinação dos profissionais da Educação, que ocorre neste mês, simultaneamente à das pessoas com comorbidades. Serão, de acordo com a Secretaria estadual da Saúde, 32 mil doses da vacina AstraZeneca destinadas a profissionais da Educação das redes estadual, municipal e privadas, começando pelas pessoas entre 55 e 59 anos. Outros 8 mil profissionais do setor já foram vacinados, no grupo acima de 60 anos

Comunicar erro
02
Banner_1_Pormade_728-90
Banner_1_QATACAREJO

Comentários

03